Quem É Você para Julgar ? - Aprendendo a Distinguir Entre as Verdades , as Meias - Verdades e as ... E-Book


Quem É Você para Julgar ? - Aprendendo a Distinguir Entre as Verdades , as Meias - Verdades e as ... - Lutzer,Erwin W. pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2005
ESCRITORA/ESCRITOR: Lutzer,Erwin W.
ISBN: 9788526306660
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 10,48

EXPLICAÇÃO:

Como podemos nos precaver do farisaísmo, de um lado, e da credulidade descuidada, de outro? Como saber o que deve ser julgado e como os julgamentos devem ser feitos? Quais são os parâmetros para nos guiar? Neste livro, você encontrará resposta para essas e outras perguntas e se tornará um cristão vigilante e de alto-impacto que ama a verdade e está disposto a viver por ela, mesmo com grande custo pessoal.

...Frases, mensagens, textos e poemas Julgar as Pessoas no Pensador (página 12) Olhe para si mesmo antes de julgar alguém "Por que você olha para o cisco no olho do seu irmão e não percebe a trave que há no seu"? Com certeza você já deve ter ouvido este versículo da Bíblia milhares de vezes ... Erwin Lutzer-Quem e Voce Para Julgar?- ~ Leitura Cristã ... . E trata-se de uma grande verdade e uma valiosa dica para aprendermos a não julgar o nosso próximo. Livrar-se desse lado mimado é complicado, porque é preciso entender que, geralmente, é você quem está errado e incomodando os outros ao redor. É difícil notar quando você pode guardar a sua opinião para si e, principalmente, evitar falar mal das pessoas por trás delas julgando-as porque elas "não são do jeito que você quer". Se uma amiga desabafa comigo e precisa ser ouvida, eu sou capaz de me colocar no seu lugar, compreender ... Essa história sobre julgar as pessoas é a melhor que ... ... . É difícil notar quando você pode guardar a sua opinião para si e, principalmente, evitar falar mal das pessoas por trás delas julgando-as porque elas "não são do jeito que você quer". Se uma amiga desabafa comigo e precisa ser ouvida, eu sou capaz de me colocar no seu lugar, compreender e animar sem cair na tentação de julgar. É verdade, você é empático, mas apenas com as pessoas que você conhece; com os demais, você cai na armadilha de julgar. Você tem a sua história e só você conhece todos os detalhes dela. Logo, se incomoda quando alguém que não te conhece fala de você e de sua vida. Então, por que faz isso com os outros? Não podemos julgar aquilo que não nos cabe, principalmente uma realidade que não faz parte de nossas vidas. Cada um no seu quadrado. Infelizmente, é também uma das mais mal aplicadas (usada para ensinar contra todas as críticas, a prática da disciplina na igreja ou a exposição do erro). 2. Considere Mateus 7:1-5 e sua advertência contra o mal de julgar os outros. I. Julgamos indevidamente quando julgamos sem misericórdia e amor. V. 1-2. DIFERENÇA ENTRE JULGAR E DENUNCIAR O PECADO (POR FAVOR LEIAM NÃO TENHAM PREGUIÇA) Nós Cristãos e também alguns não cristãos bem sabemos que o julgamento, preconceito em relação a nossos irmãos e irmãs seja lá quem for é condenável e totalmente inaceitável aos olhos do Senhor, como vemos claramente em (Mateus 7,1 SS)... Aqueles que vivem criticando os outros são incapazes de ver a realidade da própria vida e fazer algo para melhorá-la e por isso descontam a frustação analisando e avaliando o que as pessoas ao redor fazem, como se fossem donos de uma verdade que não aplicam e cegos por possibilidades que não desfrutam. Quem vos fascinou para não obedecerdes à verdade, a vós, perante os olhos de quem Jesus Cristo foi evidenciado, crucificado, entre vós?" (Gl 3.1). Paulo chegou até a admitir que suas palavras fossem julgadas: "Falo como a entendidos; julgai vós mesmos o que digo" (1Co 10.15), e declarou que "o que é espiritual é capaz de julgar todas as coisas" (1Co 2.15). Devemos ser capazes de julgar e distinguir o que é mau e bom. Devemos mesmo aprender a distinguir entre bom e o melhor. Temos que avaliar diferentes possibilidades de tomada de decisão e tomar decisões. Devemos ser capazes de avaliar se uma situação ou relacionamento é seguro para nós, no sentido espiritual. Pratique, Provas - Provas - Prova e Gabarito - Professor de Filosofia - Prefeitura de Salvador - BA - SEPLAG - CESGRANRIO - 2010 Muitos estudiosos acreditam que estamos vivendo atualmente na "era da pós-verdade", na qual a verdade dos fatos não é mais prioridade nem para os meios de comunicação, nem para a sociedade. Nesse contexto, a informatização criou um fluxo excessivamente alto de produção e troca de informações, tornando difícil distinguir o que é verdadeiro ou falso. "Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós." Mateus 7.1,2. Quem é de Deus, n...