Olhos d'água - Poemas E-Book


Olhos d'água - Poemas - Passos,Lita pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2016
ESCRITORA/ESCRITOR: Passos,Lita
ISBN: 9788581400709
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 7,57

EXPLICAÇÃO:

“Olhos d'água - Poemas” é o novo livro de poesias da escritora Lita Passos que reúne 111 poemas produzidos a partir de 2005 até os nossos dias. O livro, editado pela Vento Leste, de Salvador-Ba, tem capa e ilustrações de Jair Gabriel.

... um livro que é recomendado para quem já é familiarizado com narrativas curtas e fortes e também para aqueles que queiram conhecer melhor o universo dos contos nacionais ... OLHOS D'ÁGUA - Poemas | Luso-Poemas ... . Também é um livro para aqueles que gostem de histórias brutais em sentimentos e enredos, mas que não deixam de ser lindas em sua descrição. Apresentação Olhos d'água é uma coletânea de 15 contos que foram ori- ginalmente publicados na série Cadernos Negros. Os con-tos são ambientados nas favelas e nas ruas onde vive o povo mais pobre e vítima da violência urbana. Menina em teu peito sinto o tejo E vontades marinheiras de a ... Poemas sobre Água - Pensador ... . Os con-tos são ambientados nas favelas e nas ruas onde vive o povo mais pobre e vítima da violência urbana. Menina em teu peito sinto o tejo E vontades marinheiras de aproar Menina em teus lábios sinto fontes De água doce que corre sem parar Menina em teus olhos vejo espelhos E em teus cabelos nuvens de encantar E em teu corpo inteiro sinto feno Rijo e tenro que nem sei explicar Se houver alguém que não goste Não gaste, deixe ficar Que eu só por mim quero te tanto Que não vai haver menina ... Um poema como um gole d'água bebido no escuro. Como um pobre animal palpitando ferido. Como pequenina moeda de prata perdida para sempre na [floresta noturna. Um poema sem outra angústia que a sua misteriosa condição [de poema. Triste. Solitário. Único. Ferido de mortal beleza. Mario Quintana Poesias que falam de Olhos. Poemas, sonetos e versos Poesias que falam de Olhos no Pensador Além de suscitar debates sobre o assunto, os poemas sobre a água podem se encaixar em diversas disciplinas, o que é uma vantagem, já que muitas escolas, nessas ocasiões, procuram promover atividades interdisciplinares. A água - Manuel Maria Barbosa du Bocage. Meus senhores eu sou a água que lava a cara, que lava os olhos Olhos D'Água é uma pequena coleção de contos, mas deve ser apreciado aos poucos. Cada conto é um choque de realidade. Conceição Evaristo dá vida para histórias que facilmente virariam notícias. As vidas negras e pobres perdidas tragicamente que não rendem mais do que uma nota no jornal são o foco desse livro. "A Água", de Manuel Maria Barbosa du Bocage. Um clássico da literatura portuguesa "A Água" Meus senhores eu sou a água que lava a cara, ...