Direito, Lógica e Paraconsistência E-Book


Direito, Lógica e Paraconsistência - Serbena ,Cesar Antonio pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2016
ESCRITORA/ESCRITOR: Serbena ,Cesar Antonio
ISBN: 9788536259598
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 8,51

EXPLICAÇÃO:

O objeto do presente livro é a lógica deôntica paraconsistente. A lógica deôntica é a lógica dos operadores “obrigatório”, “proibido” e “permitido”, e a lógica paraconsistente é uma lógica que admite contradições. Assim a lógica deôntica paraconsistente é uma lógica apta a representar e manipular contradições deônticas, em que uma ação pode, por exemplo, ser regulada por uma norma que a proíba e outra que a permita, situação essa bastante comum na prática do Direito. A obra surge em um contexto mais propício ao seu estudo e suas aplicações. O processo de informatização judicial no Brasil está consolidando-se como irreversível e em seu longo trajeto está enfrentando vários desafios. Porém, no caso brasileiro, a experiência prática da informatização judicial aconteceu antes da teoria, e muitas políticas e programas de informatização do poder Judiciário e do processo, que resultaram no que chamamos de “processo eletrônico”, efetivam-se empiricamente sem que haja um robusto “background” teórico que as embasem. Desta maneira, a necessidade do desenvolvimento da Informática Jurídica como disciplina e ramo especializado do conhecimento jurídico é cada vez mais necessário e urgente, a fim de subsidiar propriamente as políticas públicas de informatização judicial. E como parte da Informática Jurídica, temos tanto os estudos e investigações em lógica deôntica como em lógica em geral como essenciais. O computador atual nada mais é do que uma potente máquina lógica, e seu desenvolvimento atual somente foi possível através das investigações de Alan Turing, que abarcavam a lógica e a matemática. Com a presente obra, espera-se que a lógica deôntica paraconsistente seja mais conhecida e estudada, o que pode suscitar outras curiosas e interessantes aplicações práticas na esfera da Informática Jurídica

...io Serbena: Libros Entre 1910 e 1913, o lógico polonês Jean Lukasiewicz (1876-1956) e o lógico russo Nicolai Vasiliev (1880-1940) chamaram a atenção, de forma independente, para o fato de que, similarmente ao que se deu com os axiomas da geometria euclidiana, alguns princípios da lógica aristotélica poderiam ser revisados, inclusive o da contradição ... Juruá Editora - Direito, Lógica e Paraconsistência ... ... . O papel da Lógica Jurídica consiste não só em garantir a possibilidade de que as conclusões silogísticas, quando cabíveis, sejam corretas, mas também, e fundamentalmente, em possibilitar que as escolhas das premissas sejam feitas de forma racional e justificada, garantindo que o Direito possa efetivamente ser qualificado como Ciência e possibilitando que se exerça um controle mais ... Lógica deôntica e paraconsistência: contradições em contextos normativos Gregory Carneiro Universidade de Brasília Resumo ... Direito, Lógica e Paraconsistência. Serbena ,Cesar Antonio Vendido por Saraiva O objeto do presente livro é a lógica deôntica paraconsistente. A lógica deôntica é ... E então é preciso discutir sobre os estudos em l ... Direito e Paraconsistência: uma interface entre a lógica ... ... ... Lógica deôntica e paraconsistência: contradições em contextos normativos Gregory Carneiro Universidade de Brasília Resumo ... Direito, Lógica e Paraconsistência. Serbena ,Cesar Antonio Vendido por Saraiva O objeto do presente livro é a lógica deôntica paraconsistente. A lógica deôntica é ... E então é preciso discutir sobre os estudos em legal reasoning e em lógica no âmbito do direito.A temática da racionalização jurídica ou formalização do raciocínio jurídico (legal reasoning) se coloca no centro do debate contemporâneo em teoria do direito, sobretudo após os esforços no sentido da elaboração de uma lógica normativa.Conforme menciona Herbert Hart, a relação ... {2}/ Os passos da paraconsistência. O polonês Jan Lukasiewicz (1876-1956) e o russo Nicolai A. Vasiliev (1880-1940) foram os primeiros lógicos a dizer que alguns princípios da lógica clássica, como o da redução ao absurdo, deveriam ser revisados....