Fora da Igreja Também Há Salvação - Col. Religiões em Diálogo E-Book


Fora da Igreja Também Há Salvação - Col. Religiões em Diálogo - Richard,Bergeron pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2009
ESCRITORA/ESCRITOR: Richard,Bergeron
ISBN: 9788515028948
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 3,95

EXPLICAÇÃO:

A primeira parte deste livro mostra que a espiritualidade cristã adveio, ao mesmo tempo, do judaísmo e do paganismo - a espiritualidade procedente de Jesus é um caminho de amor e uma escola de sabedoria. A segunda é dedicada ao problema do pluralismo religioso, destacando algumas de suas características e esboçando os contornos de uma espiritualidade cristã inter-religiosa. A última parte evoca algumas das difíceis questões formuladas pelo pluralismo religioso e pela prática de uma espiritualidade cristã de modo dialogal.

...acramento da salvação, aqueles não visívelmente unidos è ela, podem salvar-se ... A Igreja e as outras Religiões - Diálogo e Missão ... . Ela declara também que "ela está unida em muitos aspectos com os batizados, honrados pelo nome de cristãos, mas que não professam a fé católica em sua totalidade ou não conservam a unidade da comunhão sob o sucessor de Pedro", e ainda que "aqueles ... Por conseguinte, o sentido do adágio «Fora da Igreja não há salvação» vem a ser: a salvação só é concedida dentro da Igreja ou por intermédio da Igreja. Merece atenção o fato de que o Papa Clemente XI, em 1713, condenou a proposiç ... A Igreja e as outras Religiões - Diálogo e Missão ... . Merece atenção o fato de que o Papa Clemente XI, em 1713, condenou a proposição de Quesnel, famoso jansenista : "Fora da Igreja não é concedida graça alguma". Dom José Falcão aborda a questão de Prefiguração da Santa Igreja Católica: quisera Deus ter criado a Igreja desde os primórdios? Com qual intuito? Venha desc... Se, com efeito, a verdadeira religião, a religião de Jesus Cristo é obrigatória para todos os homens, e, se esta religião, a única, é professada e ensinada só pela Igreja católica, apostólica, romana, força é reconhecer que fora desta Igreja não há salvação, e que ninguém pode alcançar o céu sem a ela de algum modo pertencer. Prezado Pedro, Salve Maria. A Igreja tem como dogma que fora dela não há salvação (IV Concílio de Latrão). Isto não significa que um índio, que vivia no Brasil, antes da chegada dos portugueses, não poderia salvar-se. Esse índio não poderia de modo algum conhecer a Igreja. Extra Ecclesiam nulla salus (Fora da Igreja não há salvação), diz a máxima de São Cipriano, teólogo latino e bispo, que viveu no século III. Mas e a Igreja, ela tem salvação? FORA DA IGREJA NÃO HÁ SALVAÇÃO [1] Pe. W. Devivier, S.J. Mas pelo menos, dirão, não se pode a Igreja livrar da nota de intolerante e de cruel, em ela declarar que fora da Igreja não há salvação. Que de homens, pois, destinados à condenação eterna, só por não pertencerem à Igreja romana! Isto é, todas as religiões se veem como caminhos de salvação e podem negar totalmente as outras ou aceitar que elas também tenham algo que possa levar à salvação. As afirmações em torno disto, principalmente quando se fala de uma outra religião, é uma das formas de intolerância e incitação que podem resultar nos conflitos "em nome das religiões", como já é de costume no ... Com isso, a Congregação afirma que "também os seguidores das outras religiões estão orientados para a Igreja e todos são chamados a fazer parte dela", não sendo possível "considerar as várias religiões do mundo como vias complementares à Igreja em ordem à salvação". Se considerarmos a Igreja como uma religião, não podemos atribuir a ela única e universalmente o que atribuímos a Cristo. A Igreja é limitada cultural e historicamente, ela é peregrina, daí considerar que há salvação fora da Igreja. Freqüentemente, temos uma imagem da salvação histórica como a realizada dentro da Igreja. Também se encontram nesta situação os seguidores de religiões cristãs, fora da Igreja. Tudo depende de seu coração. Se estão dentro dessas crenças, por convicção, levados pela reta intenção, Deus não lhes negará a salvação. Estão dentro da Igreja de Jesus Cristo sem o saberem. A vasta produção filosófica a respeito da diversidade de crenças religiosas é, geralmente, dividida em três grandes grupos de abordagem, a saber, exclusivismo, inclusivismo e pluralismo. 3 Pode-se dizer que o exclusivismo defende, resumidamente, que a verdade e/ou a salvação só pode ser encontrada em uma única religião mundial ou, ao menos, não há nenhum problema lógico e/ou ... Seria tão enriquecedor para a própria Igreja se houvesse, como há em outras igrejas, padres casados e padres celibatários. Mas o celibato desempenha uma função importante no estilo autoritário da instituição: ela pode dispor totalmente dos celibatários, sem laços com a família, transferi-los para onde quiser e ver-se livre de problemas de herança. Ainda segundo o mesmo periódico, "a participação da Igreja Católica no movimento em defesa do respeito e da liberdade religiosa tem sido ampla desde o Concílio Vaticano II, com a publicação, em novembro de 1964, do decreto sobre o ecumenismo Unitatis Redintegratio, e em outubro de 1965, da Declaração Nostra aetate sobre a Igreja e as religiões. O padre Yves Congar19, em sua obra Fora da Igreja Não Há Salvação, aprofundou as i...