Coisas Que Ninguém Sabe - Nova Ortografia E-Book


Coisas Que Ninguém Sabe - Nova Ortografia - d'avenia,Alessandro pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2013
ESCRITORA/ESCRITOR: d'avenia,Alessandro
ISBN: 9788528616507
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 6,46

EXPLICAÇÃO:

Duas histórias que se entrelaçam filtradas pelos dois olhos de um adolescente Após conquistar jovens de todo o mundo com Branca como o leite, vermelha como o sangue, Alessandro D’Avenia apresenta Coisas que ninguém sabe, um livro sensível, erudito e repleto de citações literárias. Uma história que retrata o ensino médio, a adolescência e os valores do amadurecimento. Margherita tem 14 anos e está prestes a transpor um limiar mágico e assustador: o início do liceu. Os corredores da nova escola são cheios de fascínio, mas também de ameaças. Sozinha em seu quarto, com o sol de verão ainda sobre a pele, Margherita se sente como qualquer adolescente: uma equilibrista na corda bamba. Somente o amor dos pais, da extraordinária avó, Teresa, e do irmãozinho lhe permite tentar crescer com suas próprias forças. No entanto, um dia, Margherita ouve uma mensagem na secretária eletrônica. É de seu pai, anunciando que não voltará mais para casa. O vazio se abre sob seus pés. Por ser professor e estar sempre em contato com os jovens, umas das principais características de D’Avenia é saber explorar ao máximo as dificuldades enfrentadas pelos jovens em uma fase tão difícil de suas vidas. Assim, com a habilidade de escrita que caracteriza o autor, o romance toca o leitor no fundo do coração. Na contramão do que faz em seu primeiro livro, no qual aborda quase que exclusivamente a realidade juvenil, agora D’Avenia não só traz à mente do público a idade mágica da adolescência, em que tudo parece possível, apesar das dificuldades, como também pinta o mundo dos adultos que lutam com seus erros e mal-entendidos. Segundo ele, “como os protagonistas, todos nós estamos procurando alguém ou alguma coisa”. Coisas que ninguém sabe tem o passo longo de uma grande história: a de todos que sabem encarar os próprios fantasmas e realizar a viagem aventurosa que os levará de volta para casa. “Um livro que narra, com força e simplicidade, a história de todos os jovens que têm dificuldades, mas também coragem para encontrar seu caminho.” (Recensione Libro) “Uma história simples, que consegue captar um pouco de cada um de nós, com a escrita clara e ágil típica de D’Avenia.” (Solo Libri)

...adas pelos dois olhos de um adolescente Após conquistar jovens de todo o mundo com Branca como o leite, vermelha como o sangue, Alessandro D'Avenia apresenta Coisas que ninguém sabe, um livro sensível, erudito e repleto de citações literárias ... Coisas Que Ninguém Sabe - Nova Ortografia - d'avenia ... ... . Uma história que retrata o ensino médio, a adolescência e os valores do amadurecimento ... Produto Novo Duas histórias que se entrelaçam filtradas pelos dois olhos de um adolescente Após conquistar jovens de todo o mundo com Branca como o leite, vermelha como o sangue, Alessandro D'Avenia apresenta Coisas que ninguém sabe, um livro sensível, erudito e repleto de citações literárias. Nova ortografia em Português do educação. Resumo do tema e as principais informações que você precisa saber para o ENEM e para o vestibular. O Novo Acordo Ortográfico é um tema que ainda levanta debate hoje em dia, apesar de já ter entra ... Acordo ortográfico: agora é obrigatório, mas não unânime ... . Nova ortografia em Português do educação. Resumo do tema e as principais informações que você precisa saber para o ENEM e para o vestibular. O Novo Acordo Ortográfico é um tema que ainda levanta debate hoje em dia, apesar de já ter entrado em vigor em 2009. Marisa Matias e Henrique Neto são dois candidatos que se mostram contra o ... Acordo ortográfico: Agora é obrigatório, mas não unânime. Por Diogo Costa Leal ; 22:19 - 13 Maio, 2015 ; 7,769; 0; O novo acordo ortográfico (AO) torna-se oficialmente obrigatório a partir desta quarta-feira, em Portugal, e o JPN foi esmiuçar a temática junto de vários agentes da língua portuguesa. A razão por que nenhuma lei sobre a ortografia é adequada é que a ortografia é um hábito in...