A Redenção Inexistente nos Planos Urbanísticos Municipais E-Book


A Redenção Inexistente nos Planos Urbanísticos Municipais - Junior,Enio Moro pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA:
ESCRITORA/ESCRITOR: Junior,Enio Moro
ISBN: 9788574197425
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 7,27

EXPLICAÇÃO:

Várias questões importantes desafiam os estudiosos e formuladores de projetos urbanos, mas dentre elas talvez a mais relevante seja desvendar se efetivamente as municipalidades têm capacitações institucionais e políticas para moldar seu desenvolvimento local de modo a minimizar os determinantes que se originam da sociedade e que estão fora do controle de áreas fragmentadas no espaço nacional.Este é o propósito deste livro de Enio Moro, que identifica os fatores condicionantes e/ou impeditivos de desempenho positivo do Projeto Eixo Tamanduatehy. O Projeto foi uma iniciativa da Prefeitura de Santo André (SP) para recuperar uma grande área industrial degrada. Moro analisa os limites impostos ao empreendimento sob a perspectiva do seu formato institucional, financiamento e gestão, de modo a clarificar o papel dos projetos urbanos como indutores do desenvolvimento local.Mais do que uma avaliação de um projeto urbano pontual, a crítica apresentada neste livro tem o mérito de trazer a tona as especificidades da sociedade brasileira e do modelo econômico, político e territorial em vigor, os quais efetivamente determinam os fatores de desenvolvimento.

...re o plano diretor de desenvolvimento do municÍpio de redenÇÃo, que ordena o territÓrio e as polÍticas setoriais, e dÁ outras providÊncias" ... A redenção inexistente nos planos urbanísticos ... ... . Planos Municipais de Ordenamento do Área Total 3.310,61 Território em vigor Aderência às UOP 955,53 28,86 29,54 Compromissos Urbanísticos Municipais Área Total 856,21 /Estudos Urbanos (DMPU/DPU/DDU) Aderência às UOP 263,20 30,74 8,14 Planos Municipais de Ordenamento do Área Total 2.320,86 Na seqüência, com o plano de 1935, o enfoque ambiental se concentra nas ações sanitaristas (em especial nas questões de abastecimento ... A redenção inexistente nos planos urbanísticos ... ... .320,86 Na seqüência, com o plano de 1935, o enfoque ambiental se concentra nas ações sanitaristas (em especial nas questões de abastecimento de água e saneamento básico) e se inicia um período de coleta e sistematização de dados ambientais, para a realização de futuros planos urbanísticos, dada a percepção das fragilidades ecológicas de Natal. A redenção existente nos planos urbanísticos municipais: o caso do Projeto Eixo Tamanduatehy. São Paulo: Annablume, 2007. A ação dos promotores imobiliários...