o Macaco E A Essência E-Book


o Macaco E A Essência - Huxley,Aldous Leonard pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2017
ESCRITORA/ESCRITOR: Huxley,Aldous Leonard
ISBN: 9788525060280
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 6,11

EXPLICAÇÃO:

Bob Briggs é um roteirista de Hollywood às voltas com problemas amorosos. Ao expor a vida conturbada ao amigo e confessor, em passeio pelos estúdios, ambos quase são atropelados por um caminhão que carrega roteiros recusados pela indústria cinematográfica, a caminho da incineração. Depois de uma curva brusca, meia dúzia de roteiros é atirada para fora do veículo, espalhando-se pela rua. Por curiosidade, a dupla começa a ler os textos. E um em particular desperta a atenção dos dois: chama-se "O macaco e a essência", escrito por um certo William Tallis. Instigados pela temática, saem à procura do autor da obra. A busca é infrutífera e o que se segue é a apresentação do roteiro na íntegra: um filme que conta a história do mundo pós Terceira Guerra Mundial, destruído por bombas radioativas, e da expedição de redescobrimento dos Estados Unidos no século XXII, dominado por babuínos. Na obra—crítica mordaz aos rumos da ciência e da civilização do século XX—nada escapa à metralhadora giratória de Huxley. Para ele, não há ideologia que não rotule e aprisione o homem, enquanto a ganância parece se apropriar do avanço científico. Publicado originalmente dezesseis anos após "Admirável mundo novo", "O macaco e a essência" reafirma a genialidade e o tom apocalíptico de Huxley, sempre implacável com a força destrutiva que o ser humano é capaz de liberar.

...allis, (ottonwood Ranch, Murcia, (alirnia ... O MACACO E A ESSÊNCIA (distopia pós-apocalíptica ... ... .` L aqui ha uma nota a lapis. Aiso de rejeicao em 26-11-4. Sem enelope-resposta. Huxley morreu faz muito tempo, em 1963, e tanta água passou por debaixo da ponte desde então (o que não significa que muito tenha mudado). Sua obra continua sendo discutida com frequência porque sua crítica afiada é relevante, como em O Macaco e a Essência, ambientado num cenário distópico e extremo. O macaco e a essência é um livro que ... O macaco e a essência - CirKula Editora, Livraria e Café ... . O macaco e a essência é um livro que me deixou com bastante vontade de trabalhá-lo em sala de aula, assim como já fiz com A revolução dos bichos. Mesmo escrito em 1949, a história de Huxley serve como um tapa na cara de uma sociedade que não se cansa de absurdos políticos e bizarrices religiosas. *** "Sátira e pesadelo profético, escrito sob a forma de um roteiro cinematográfico imaginário, O Macaco e a Essência se antecipa ao tempo e vai buscar o mundo no início do século XXII. O panorama é desolador: uma América destruída há mais de cem anos por uma guerra atômica e bacteriológica; o ser humano possuído pela estranha consciência que o obriga a destruir a natureza e a si ... O Macaco e a Essência pode não ser o melhor livro introdutório para um leitor que, muito mais do que reconhecer o estilo de escrita do autor, não esteja acostumado a observar os detalhes por trás das palavras, as críticas por trás de imagens que se formam em nossa mente, ou o fato de que tudo o que encontramos, por mais fantástico e impossível que seja, está ligado, direta ou ... No caso de O macaco e a essência, o roteiro de Tallis, a narrativa funciona como uma espécie de previsão futurista a partir do tempo em que se situa Bob Briggs, este que é historicamente marcado por uma convulsão de situações e uma apatia generalizada em torno das situações históricas em curso.Na abertura da narrativa de O macaco e a essência, o romance de Huxley, dentre os ... "Sátira e pesadelo profético, escrito sob a forma de um roteiro cinematográfico imaginário, O Macaco e a Essência se antecipa ao tempo e vai buscar o mundo no início do século XXII. O panorama é desolador: uma América destruída há mais de cem anos por uma guerra atômica e bacteriológica; o ser humano possuído pela estranha consciência que o obriga a destruir a natureza e a si ... O MACACO E A ESSÊNCIA... Olá Wilson e demais Amigos da Raciona-Lista: Dá-se o nome de sexualidade a uma evidente manifestação da Força Criadora. Ela está visível nos animais, nas plantas, em toda Natureza! A primeira parte de O Macaco e a Essência é narrada em primeira pessoa. A história inicia-se com Bob Briggs, um roteirista, falando sobre seus casos amorosos, enquanto ele e o amigo, que durante a conversa não consegue deixar de fazer várias reflexões, caminham pelos estúdios. Onde macacos comandam cientistas e o homem tenta sobreviver após as consequências de uma guerra nuclear, pesquisadores da Nova Zelândia buscam explicações para um o mundo após a destruição em massa. Neste que foi o último romance publicado por Huxley, o autor retoma o tom apocalíptico e ironiza a desgraça do homem. PDF...