A Irmã de Freud E-Book


A Irmã de Freud - Smilevski,Goce pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2013
ESCRITORA/ESCRITOR: Smilevski,Goce
ISBN: 9788528617283
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 3,51

EXPLICAÇÃO:

Teria Sigmund Freud sido responsável pela morte de sua irmã em um campo de concentração nazista? Vencedor do Prêmio da União Europeia para a Literatura, A irmã de Freud, quando lançado, chocou os leitores, que se perguntavam se a história criada por Goce Smilevski seria verdade. Apesar de ser ficção, a premissa da obra é verdadeira: Freud fugiu da Áustria em plena ascensão nazista deixando quatro irmãs para trás. Todas morreram em campos de concentração. Na Viena ocupada pelos nazistas, Sigmund Freud recebeu o direito de fugir para o exterior levando consigo alguns entes queridos. Na lista do fundador da psicanálise, entram a mulher, os filhos, a cunhada, duas assistentes, o médico pessoal com sua família e até o cachorro, mas não quatro irmãs idosas: Marie, Rosa, Pauline e Adolfine. É a voz desta última, deportada para o campo de concentração de Terezín, que relembra com dolorosa mágoa o episódio. Smilevski narra, com maestria, a trajetória da família do famoso Freud, com destaque, obviamente à narradora. Por meio de Adolfine, o leitor descobre a intimidade do famoso psiquiatra, suas fraquezas e como ele se relacionava com os parentes. Além disso, mostra a vida miserável que ela própria teve. Há também um intenso debate de teorias psicanalíticas, mostrando como elas não eram seguidas pelo próprio criador. Um dos principais temas tratados na obra é a loucura, que culmina com uma inteligente discussão entre os dois protagonistas a respeito da felicidade e do sentido da vida. A irmã de Freud é o relato de uma mulher que, esquecida nas sombras da história, revive relações familiares gélidas, um amor trágico, o sonho não realizado da maternidade e a aceitação de encontrar a paz apenas no esquecimento tranquilizador de uma loucura autoimposta. “Um livro chocante e sepulcral.” (The Wall Street Journal) “Impressionante, ousado e surpreendente. A irmã de Freud se atreve a revelar uma biografia sombria de Freud.” (Joyce Carol Oates, The New York Review of Books) “A irmã de Freud é uma realização artística rara — informativo, mas também sábio; perspicaz e comovente. Um livro emocionante.” (The Jewish Daily Forward)

...lar uma opinião. O livro foi emprestado pela Su e já estava há meses a aguardar vez ... Resumo - A Irmã de Freud - Mais gostaram ... . Vencedor do Prémio União Europeia da Literatura de 2010, este romance, agora editado pela Alfaguara, chancela da Objectiva, conta a vida da irmã mais nova de Freud, que se viu subjugada ao amor que dedicara a Sigmund e que colocou essa estima à frente da própria vida. A irmã de Freud é o relato de uma mulher que, esquecida nas sombras da história, revive relações familiares gélidas, um amor trágico, o sonho não realizado da maternidade e a aceitação de encontrar a paz apenas no esquecimento tranquilizador de uma loucura autoimposta. PDF - A Irmã de Freud. Teria Sigmund Freud sido responsável pela morte de sua irm ... Resumo - A Irmã de Freud - Mais gostaram ... . PDF - A Irmã de Freud. Teria Sigmund Freud sido responsável pela morte de sua irmã em um campo de concentração nazista? Vencedor do Prêmio da União Europeia para a Literatura, A irmã de Freud, quando lançado, chocou os leitores, que se perguntavam se a história criada por Goce Smilevski seria verdade. A injeção de Irma é o relato de um sonho que Sigmund Freud teve de 23 para 24 de julho de 1895, quando dormia no Castelo de Bellevue, perto de Viena[1]. O comentário sobre o interessante sonho ... A irmã de Freud book. Read 199 reviews from the world's largest community for readers. Vencedor do Prêmio da União Europeia para a Literatura, A irmã de ... Antes de qualquer apontamento há que salvaguardar que A Irmã de Freud é um romance e não uma obra de não-ficção. Os contornos do livro baseiam-se, sim, em factos. As primeiras 52 páginas deste livro do escritor macedónio Goce Smilevski retratam os últimos anos de vida dos irmãos Freud, sendo Adolfine a narradora dos trágicos acontecimentos que tiveram lugar, inicialmente, em Viena ... Escrito de forma simples mas muito singular, alcança a nossa intimidade e atinge os nossos próprios medos de forma acutilante. Marcante. "A Irmã de Freud" ficará comigo para sempre. "No início da minha vida, houve dor. Era como sangue a gotejar aos poucos de uma ferida que não se vê. Gota a gota. Vencedor do Prémio União Europeia da Literatura de 2010, este romance, agora editado pela Alfaguara, chancela da Objectiva, conta a vida da irmã mais nova de Freud, que se viu subjugada ao amor que dedicara a Sigmund e que colocou essa estima à frente da própria vida. Da lista de 16 pessoas que pretende levar consigo fazem parte a cunhada, o médico, as criadas e até o seu pequeno cão, mas nenhuma das suas quatro irmãs. É pela voz de uma delas, Adolfine, que conhecemos esta história assombrosa sobre a família Freud. Deportada para o campo de concentração de Terezín, «a melhor e mais doce irmã» do ... A irmã de Freud é o relato de uma mulher que, esquecida nas sombras da história, revive relações familiares gélidas, um amor trágico, o sonho não realizado da maternidade e a aceitação de encontrar a paz apenas no esquecimento tranquilizador de uma loucura autoimposta. Da lista de 16 pessoas que pretende levar consigo fazem parte a cunhada, o médico, as criadas e até o seu pequeno cão, mas nenhuma das suas quatro irmãs. É pela voz de uma delas, Adolfine, que conhecemos esta história assombrosa sobre a família Freud. Deportada para o campo de concentração de Terezín, «a melhor e mais doce irmã» do ... Teria Sigmund Freud sido responsável pela morte de sua irmã em um campo de concentração nazista? Vencedor Os dias que anteciparam a Segunda Guerra Mundial, são-nos contados, através do ponto de vista de Adolfine, uma das irmãs de Freud, até ao seu próprio fim trágico. "Antes de qualquer apontamento há que salvaguardar que A Irmã de Freud é um romance e não uma obra de não-ficção. Os contornos do livro baseiam-se, sim, em factos....