Diário Do Subsolo E-Book


Diário Do Subsolo - Dostoiévski,Fiódor pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2019
ESCRITORA/ESCRITOR: Dostoiévski,Fiódor
ISBN: 9788544002346
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 8,69

EXPLICAÇÃO:

É difícil ler o "Diário do subsolo"; é doloroso aceitá-lo. Com uma precisão quase clínica, Dostoiévski traça neste livro o perfil de uma pessoa que, marginalizada social e moralmente, procura vingar-se do mundo inteiro ao qual atribui a culpa de sua humilhação. “Sou um sujeito maldoso!” – reconhece o “homem do subsolo”, antecessor dos misantropos por opção do século XX, e sua maldade se volta, desenfreada, contra os inocentes e, muitas vezes, contra ele próprio. A rebelião existencial do indivíduo reduzido à condição de uma “reles mosca” dá início à minuciosa análise das questões cruciais de poder, justiça e liberdade, cujo frágil equilíbrio se reveste de especial importância em nossa época de revisão e contestação dos valores eternos. Abordando-as de modo lúcido e cortante, o gênio das letras russas deixa à humanidade seu aviso atemporal – Cuidado com o subsolo da alma, que suas portas estão sempre abertas!

...línica, Dostoiévski traça neste livro o perfil de uma pessoa que, marginalizada social e moralmente, procura vingar-se do mundo inteiro ao qual atribui a culpa de sua humilhação ... Diário do Subsolo ... . Carluxo chama imprensa de 'escória maldita' e diz que subsolo, onde repórteres vão ficar na gestão Lira, é 'o paraíso' Enraivecido, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) chamou os jornalistas de "bostas" e comemorou a decisão do novo presidente da Câmara, Arthur Lira, de transferir a imprensa para o subsolo no prédio do Congresso. É difícil ler o Diário do Subsolo; é doloroso aceitá-lo. Com uma precisão quase clínica, Dostoévski traça neste livro o perfil de uma pessoa que, marginalizada social e mo ... Diário do Subsolo ... . É difícil ler o Diário do Subsolo; é doloroso aceitá-lo. Com uma precisão quase clínica, Dostoévski traça neste livro o perfil de uma pessoa que, marginalizada social e moralmente, procura vingar-se do mundo inteiro ao qual atribui a culpa de sua humilhação. "Sou um sujeito maldoso!" - reconhece o "homem do subsolo", antecessor dos misantropos por opção do séulo XX, e sua maldade ... DIÁRIO DO SUBSOLO. Publicado em 24/01 às 08:26. Publicado em 24/01 às 08:26-cód. 837358807. Descrição. FIÓDOR DOSTOIÉVSKI. Favoritar. Compartilhar. Denunciar. ... Fique atento com excessos de facilidades e preços abaixo do mercado. Se está desapegando, limpe bem não só as mãos, ... É difícil ler o Diário do subsolo; é doloroso aceitá-lo. Com uma precisão quase clínica, Dostoiévski traça neste livro o perfil de uma pessoa que, marginalizada social e moralmente, procura vingar-se do mundo inteiro ao qual atribui a culpa de sua humilhação. Diário do Subsolo Fiódor Dostoiévski. R$ R$ até R$ Nenhuma oferta encontrada ISBN-13: 9788572328708 ISBN-10: 857232870X Ano: 2012 / Páginas: 144 Idioma: português Editora: Martin Claret. Sinopse; Edições 9; Vídeos 2; Grupos 4; Resenhas 231; Leitores 15.238; Similares 15; Ofertas; Leia online (PDF) Resenhas - Memórias do Subsolo. Compre Diário do Subsolo - Preços com com até 9% de desconto. Compare Aqui, Economize seu Dinheiro! com os menores preços do mercado no JáCotei. Compare Aqui, Economize seu Dinheiro! DIÁRIO DO SUBSOLO de DOSTOIEVSKI, FIODOR, ALMEIDA, OLEG, editora MARTIN CLARET por R$ 44,93 no Livraria Martins Fontes Paulista. Estante Virtual, a maior rede de sebos online do Brasil. Uma semana após assumir a presidência da Câmara, o deputado Arthur Lira (Progressistas-AL) mandou mudar o local de trabalho dos jornalistas na Casa. A ordem para retirar os profissionais de uma sala ao lado do plenário, onde ocorrem as votações, e deslocá-los para um espaço no subsolo do prédio do Congresso, foi comunicada nesta segunda-feira, […] É difícil ler o "Diário do subsolo"; é doloroso aceitá-lo. Com uma precisão quase clínica, Dostoiévski traça neste livro o perfil de uma pessoa que, marginalizada social e moralmente, procura vingar-se do mundo ao qual atribui a culpa de sua humilhação. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), manteve sua decisão de expulsar os jornalistas do Comitê de Imprensa da Casa, um espaço utilizado pelos profissionais que fazem a cobertura do Congresso desde a década de 1960, mas recuou na sua proposta de transferi-los para uma sala no subsolo do prédio. A saída dos […] CAPA DURA* CONSIG**LIVRO NOVO, LACRADO.**[...] A rebelião existencial do indivíduo reduzido à condição de uma...