O Poder Da Identidade (Vol. 2 A Era Da Informação: Economia, Sociedade E Cultura) E-Book


O Poder Da Identidade (Vol. 2 A Era Da Informação: Economia, Sociedade E Cultura) - Castells,Manuel Gerhardt,Klauss Brandini Ponce De Moraes,Thiago pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2018
ESCRITORA/ESCRITOR: Castells,Manuel Gerhardt,Klauss Brandini Ponce De Moraes,Thiago
ISBN: 9788577533350
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 10,41

EXPLICAÇÃO:

O segundo volume da trilogia A Era da Informação: Economia, Sociedade e Cultura. Neste livro, o autor examina as duas grandes tendências conflitantes que moldam o mundo de hoje: a globalização e a identidade. Manuel Castells descreve as origens, os propósitos e os efeitos de movimentos ativistas como o feminismo e o ambientalismo, que visam a transformar as relações humanas em seu nível mais fundamental, assim como de movimentos conservadores, que constroem trincheiras de resistência em nome de Deus, da nação, da etnia, da família ou da localidade. O autor mostra que as categorias básicas da existência vêm sendo ameaçadas pelos assaltos, ao mesmo tempo combinados e conflitantes, de forças tecnoeconômicas e de movimentos sociais transformadores, cada um usando o novo poder da mídia para promover suas ambições. Entre essas duas tendências opostas, o Estado-Nação é posto em questão, arrastando em sua crise a própria noção de democracia política. Buscando compreender uma variedade de processos sociais que estão fortemente interligados em suas funções e significados, Castells cobre amplo território, que abarca os Estados Unidos, a Europa ocidental, a Rússia, o México, a Bolívia, o mundo islâmico, a China e o Japão.

...ligiosas, mas que incluem outros grupos (de defesa da condição feminina ou da ecologia), entre os quais se incluem o dos produtores culturais, que se definem não pelo culto do passado, mas pela idéia de um futuro organizado, e visam não apenas conservar-se em um determinado estado ... A Era da Informação Economia,Sociedade e Cultura Volume ... ... ... e as igrejas, nos termos da lei. 2. O Estado reconhece e respeita as diferentes confissões religiosas, as quais são livres na sua organização e no exercício das suas actividades, desde que as mesmas se conformem à Constituição e às leis da República de Angola. 3. O Estado protege as igrejas e as confissões religiosas, bem como os seus Manuel Castells Oliván (Hellín, 9 de fevereiro de 1942) é um sociólogo espanhol.Entre 1967 e 1979 lecionou na Universidade de Paris, primeiro no campus de Nanterre e, em 1970, na "École des Hautes Étude ... A Era da Informação Economia,Sociedade e Cultura Volume ... ... . 3. O Estado protege as igrejas e as confissões religiosas, bem como os seus Manuel Castells Oliván (Hellín, 9 de fevereiro de 1942) é um sociólogo espanhol.Entre 1967 e 1979 lecionou na Universidade de Paris, primeiro no campus de Nanterre e, em 1970, na "École des Hautes Études en Sciences Sociales".No livro "A sociedade em rede", o autor defende o conceito de "capitalismo informacional".Foi nomeado em 1979 professor de Sociologia e Planejamento Regional na ... A teoria da identidade social tem sua origem na psicologia social e busca compreender quais aspectos psicológicos unem um grupo e o que faz com que ele seja reconhecido enquanto tal por outros. Porém, esses grupos de pertencimento não são pequenos, mas em larga escala, por exemplo a identificação entre indivíduos e uma nação, uma raça ou uma religião. O Patrimônio Cultural deve ser valorizado por todos e sua proteção deve ser pensada para e pelos sujeitos que detém o conhecimento. A sensibilização e conscientização do por que e como preservar deve ser realizada através de políticas públicas que envolvam as comunidades e os agentes que se relacionam com os bens portadores da memória coletiva e da identidade cultural dos diversos ... Para isso, o artigo discute, à luz da análise de discurso crítica, os tópicos: a construção social da identidade da mulher; o papel do sujeito; a tecnologia e a mídia como agentes fragmentadores da identidade da mulher; a espacialização no discurso feminino; o discurso do corpo na auto-realização identitária; a identidade da mulher diante das transformações da sexualidade; a ... Informação é a resultante do processamento, manipulação e organização de dados, de tal forma que represente uma modificação (quantitativa ou qualitativa) no conhecimento do sistema (humano, animal ou máquina) que a recebe. [1]Le Coadic, pesquisador da área da Ciência da Informação, destaca que o valor da informação varia conforme o indivíduo, as necessidades e o contexto em ... O espaço geográfico encontra-se repleto de elementos próprios do processo de globalização, como as antenas de TV e celular, os meios de transporte cada vez mais modernizados, os cabos de fibra óptica, as redes (que nem sempre são visíveis, mas se fazem presentes no espaço), entre outros elementos. I - GLOBALIZAÇÃO E MERCADO: CAUSAS DA DEBILIDADE DA IDENTIDADE DO ESTADO O processo de globalização, a cada dia que passa, tem de variadas formas interligado os povos dos mais longínquos recantos do mundo, das mais variadas culturas, religiões, línguas, economias, estreitando costumes e, com essa integração, possibilitando a elevação de níveis de vida de muitas comunidades, graças ... Resumo. O presente texto ocupa-se do tema das novas tecnologias e suas implicações nos espaços urbanos globais. Tem por objetivo principal, demonstrar a importância das tecnologias de informação e comunicação - TICs e seus impactos na sociedade a partir do impulso da informatização sobre as culturas em nível global e do conceito de sociedade em rede que, de certo modo, pode ... (2) essa experiência depende da capacidade (e disposição) de interpretar e interpelar o social; (3) a informação resultante das experiências não pode ser armazenada e posteriormente mobilizada, na sua totalidade, o que supõe processos (intersubjetivos) de seleção, generalização e analogia. Apresentação: O Simpósio Temático "Subjetividades e Identidade: construções de narrativas em história e o ofício do historiador" será um espaço de discussão e debate para pesquisas que vem se dedicando a temas de estudo relacionados a: narrativa, memória, identidade e subjetividade.Nosso objetivo será trocar experiências e discutir as novas perspectivas para o fazer do ......