Para Viver Um Grande Amor - Col. Vinicius de Moraes E-Book


Para Viver Um Grande Amor - Col. Vinicius de Moraes - Moraes,Vinícius De Moraes,Vinícius De pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 1991
ESCRITORA/ESCRITOR: Moraes,Vinícius De Moraes,Vinícius De
ISBN: 9788535916492
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 6,38

EXPLICAÇÃO:

Pode-se dizer deste livro que ele é um clássico moderno. Publicado pela primeira vez em 1962, seu público leitor só fez crescer desde então. O título - "Para viver um grande amor" - parece exercer sobre nós um grande fascínio. Vinicius de Moraes não decepciona seu leitor. E talvez devêssemos acrescentar: ele nunca nos decepciona, alçando-nos, ao contrário, além de nossas expectativas. "Para Viver um Grande Amor" estrutura-se de modo singular: alterna poesia e prosa. As crônicas guardam as marcas típicas do gênero, como a observação aguda do cotidiano e a linguagem despojada. Mas, além disso, conforme o próprio Vinicius, "há, para o leitor que se der ao trabalho de percorrê-las em sua integridade, uma unidade evidente que as enfeixa: a do grande amor". Quanto aos poemas, encontram-se, aqui, exemplares de grande força expressiva, como o impactante "Carta aos 'Puros'". Os poemas não raro tomam para si a tarefa da crônica e, então, surgem experiências como os bem-humorados "Feijoada à minha moda" e "Olhe aqui, Mr. Buster" ou o seco e dramático "Blues para Emmett Louis Till". O volume abre com um caderno de imagens que reproduz originais de Vinicius e fotografias que ajudam a recriar o universo afetivo e intelectual do livro. Um posfácio do ensaísta Francisco Bosco, escrito especialmente para esta edição, lança um novo olhar crítico sobre a obra, ao passo que a sessão "Arquivo" recupera textos fundamentais e por vezes pouco conhecidos, como a crônica inédita em que Carlos Drummond de Andrade fala da noite de autógrafos de "Para Viver um Grande Amor".

...ras, 2017). Trata-se de um livro de um homem apaixonado ... Poesias de Amor de Vinícius de Moraes - Pensador ... . Por tudo. Vinicius de Moraes. Para viver um grande amor (crnicas e poemas) Rio de Janeiro . Editora do Autor .1962 (Rio de Janeiro: Editora do Autor) Dedicatria: "a Lucinha". Capa de Renato Vianna. 1 H trs epgrafes: "But in my mind of all mankind/ I love but you alone." (Annimo, "The Nutbrow Maid"); Para viver um grande amor, é muito Muito importante viver sempre junto E até ser, se possível, um só defunto Pra não morrer de dor É preciso um cuidado permanente Não só com o corpo, mas também com a mente Pois qualquer "baixo" seu a amada sente E esfria um pouco o amor Há que ser bem cortês sem cortesia Doce e conciliador sem covardia Saber ganhar dinheiro com poesia Não ser um ... Para viver um grande amor é muito, muito important ... Poesias de Amor de Vinícius de Moraes - Pensador ... ... Para viver um grande amor é muito, muito importante viver sempre junto e até ser, se possível, um só defunto — pra não morrer de dor. É preciso um cuidado permanente não só com o corpo mas também com a mente, pois qualquer "baixo" seu, a amada sente — e esfria um pouco o amor. PARA VIVER UM GRANDE AMOR - Vinicius de Moraes "Quando deixa a poesia em segundo plano para se tornar showman da MPB, para viver nove casamentos, para atravessar a vida viajando, Vinicius está exercendo, mais que nunca, o poder que Drummond descreve, sem conseguir dissimular sua imensa inveja." Para viver um grande amor é talvez o livro mais lido de Vinicius de Moraes, o poeta que fascinou o Brasil e que marcou a poesia de língua portuguesa com uma produção artística ímpar na sua variedade e alcance. Gm Muita seriedade e pouco riso, para viver um grande amor. Fm Em G7 Em7 Para viver um grande amor, mister é ser um homem de uma só mulher. F Eb Pois ser de muitas, pôxa!, é pra quem quer, nem tem nenhum valor. Gm7 Gm C Gm Pra viver um grande amor, primeiro é preciso sagrar-se cavalheiro Dm G F E ser de sua dama por inteiro, seja lá como for. Vinicius de Moraes, nascido Marcus Vinicius de Moraes [nota 1] (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980), foi um poeta, dramaturgo, jornalista, diplomata, cantor e compositor brasileiro. [1] [2] [3]Poeta essencialmente lírico, o que lhe renderia o apelido "poetinha", [4] que lhe teria atribuído Tom Jobim, [5] notabilizou-se pelos seus sonetos. Sinopse: Para viver um grande amor estrutura-se de modo singular: alterna poesia e prosa. As crônicas guardam as marcas típicas do gênero, como a observação aguda do cotidiano e a linguagem despojada. Mas, além disso, conforme o próprio Vinicius, "há, para o leitor que se der ao trabalho de percorrê-las em sua integridade, uma unidade evidente que as enfeixa: a do grande amor". Frases de Amor Sincero Para viver um grande amor Vinicius de Moraes. Para viver um grande amor é muito, muito importante viver sempre junto e até ser, se possível, um só defunto — pra não morrer de dor. É preciso um cuidado permanente não só com o corpo mas também com a mente, pois qualquer "baixo" seu, a amada sente — e esfria um pouco o amor. Para viver um grande amor, il faut além de fiel, ser bem conhecedor de arte culinária e de judô — para viver um grande amor. Para viver um grande amor perfeito, não basta ser apenas bom sujeito; é preciso também ter muito peito — peito de remador. É preciso olhar sempre a bem-amada como a sua primeira namorada e sua viúva também, amortalhada no seu finado amor. Moraes, Vinicius de, 1913-1980. Para viver um grande amor 1962 / Vinicius de Moraes ; orga-nização eucanaã Ferraz. — São Paulo : companhia das letras, 2010. i s b n 978-85-359-1649-2 1. Poesia brasileira i. Ferraz, eucanaã. ii. título. 10-02628 c d d-869.91...