Macunaíma - O Herói Sem Nenhum Caráter E-Book


Macunaíma - O Herói Sem Nenhum Caráter - Andrade,Mário de Andrade,Mário de pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2016
ESCRITORA/ESCRITOR: Andrade,Mário de Andrade,Mário de
ISBN: 9788582850411
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 8,66

EXPLICAÇÃO:

Mário de Andrade publicou Macunaíma em 1928. O livro foi um acontecimento. Debochado e intensamente brasileiro — ainda que muito pouco ou nada nacionalista —, este romance é ainda hoje um dos textos fundamentais do nosso Modernismo. E continua a influenciar as mais diversas manifestações artísticas. Nascido nas profundezas da Amazônia, o herói de Mário de Andrade é cheio de contradições — assim como o país que lhe serve de berço. É adoravelmente mentiroso, safado, preguiçoso e boca-suja. Suas peripécias vêm embaladas numa linguagem rapsódica e inventiva, um marco das pesquisas de seu autor em torno de uma identidade linguística brasileira.

... dias, até o seu caráter com-pósito, tudo leva a pensar nas peripécias do herói sem caráter como uma suma da geração de 20 ... Macunaíma - Toda Matéria ... . a) Macunaíma é "o herói sem nenhum caráter" porque, no âmbito individual, é múltiplo e contraditório e, no plano da representação de uma coletividade, é inescrupuloso e mau caráter. b) Macunaíma é "o herói sem nenhum caráter" por apresentar uma personalidade complexa, caracterizada a partir de traços psicológicos delineados sob um ponto de vista objetivo e científico. Talvez a cena mais marcante seja a transformação do protagonista de preto em branco. Inicialmente interpretado por Grande Otel ... Macunaíma - Toda Matéria ... . Talvez a cena mais marcante seja a transformação do protagonista de preto em branco. Inicialmente interpretado por Grande Otelo, o "herói sem nenhum caráter" que protagoniza a obra ganha vida com Paulo José. Ambos conseguem levar ao público visões complementares de facetas históricas da discussão do que significa ser brasileiro. Macunaíma - o herói sem nenhum caráter (1928) é a obra-prima de Mário de Andrade, considerado o espírito mais vasto, o mais versátil e culto do Modernismo brasileiro. Na sua construção, o autor recriou mitos e cantigas indígenas, contos populares, rituais amazônicos e afro-brasileiros.Como escreve Noemi Jaffe no posfácio para esta edição, "Macunaíma é uma […] Em 1928, o escritor Mário de Andrade lançou o romance "Macunaíma — o herói sem nenhum caráter". Ele criou o personagem que sintetizava a alma mestiça e malandra do brasileiro....