Malala - Pelo Direito Das Meninas À Educação E-Book


Malala - Pelo Direito Das Meninas À Educação - Frier,Raphaële pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2019
ESCRITORA/ESCRITOR: Frier,Raphaële
ISBN: 9788566642650
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 11,55

EXPLICAÇÃO:

Os sertões é dividido em seções. A primeira parte, ''A terra'', são considerações técnicas e científicas a respeito do solo, do clima e do espaço geográfico do sertão baiano.A segunda parte, ''O homem'', traz características antropológicas a respeito do sertanejo, com todos os seus conflitos sociais, políticos e psicológicos. A última parte, ''A luta'' narra a Guerra de Canudos desde o início. A verossimilhança da obra é marcada pela rica apresentação de características do espaço, tempo, personagens, como Antônio Conselheiro, e contexto histórico pelo narrador-observador.

... ações fizeram com que ela se tornasse a mais jovem recebedora do Prêmio Nobel ... Malala: conheça a menina que ganhou Nobel da Paz ao lutar ... ... . Acesso em 18 ago. 2016 (com adaptações). A partir dessas informações, redija um texto dissertativo sobre o significado da premiação de Malala Yousafzai na luta pela igualdade de gêneros. Em seu texto, aborde os seguintes aspectos: a) direito das jovens à educação formal; b) relações de poder entre homens e mulheres no mundo. Malala Yousafzai é uma estudante e uma activista da educação, proveniente da ... Malala: conheça a menina que ganhou Nobel da Paz ao lutar ... ... . Malala Yousafzai é uma estudante e uma activista da educação, proveniente da cidade de Mingora, no Distrito Swat (província de Khyber Pakhtunkhwa), no noroeste do Paquistão. É conhecida pelos seus esforços na defesa dos direitos de educação e dos direitos das mulheres, especialmente no Vale de Swat, onde os talibãs proibiam as mulheres de frequentar a escola. A menina paquestanesa ficou famosa no mundo inteiro como a pessoa mais jovem a ganhar um Prêmio Nobel da Paz, pelo ativismo em favor do direito à educação feminina. O reconhecimento internacional veio em 2014, quando ela tinha apenas 17 anos de idade. É que desde cedo a menina deu muito valor à educação. A paquistanesa Malala Yousafzai, que é ativista pelo direito à educação, anunciou, durante sua visita ao Brasil, os nomes das três jovens que passam a integrar a Rede Gulmakai, uma iniciativa do Fundo Malala que apoia ativistas da área da educação de meninas e mulheres em vários países. Premiada em 2014, Malala foi a pessoa mais jovem a receber o Nobel da Paz. MALALA. pelo direito das meninas à educação. Texto de Raphaële Frier e desenhos de Aurélia Fronty Tradução: Eliana Aguiar. No fundo do vale do Swat, no Paquistão ... Malala, a garota que quase perdeu a vida por defender o acesso das meninas à educação no Paquistão, tornou-se símbolo do ativismo pelos direitos humanos das mulheres e, em 2013, foi considerada uma das 100 pessoas mais importantes no mundo. Que a influência da pessoa mais jovem a ganhar um Prêmio Nobel não seja somente na teoria....