Vendo Poesia - Col. No Meio do Caminho E-Book


Vendo Poesia - Col. No Meio do Caminho - Cunha,Leo pdf epub

PREÇO: GRÁTIS

EM FORMAÇÃO

LÍNGUA: PORTUGUÊS
HISTÓRIA: 2010
ESCRITORA/ESCRITOR: Cunha,Leo
ISBN: 9788532272676
FORMATO: PDF EPUB MOBI TXT
TAMANHO DO ARQUIVO: 8,16

EXPLICAÇÃO:

Com muito humor e habilidade verbal, Leo Cunha nos convida a ler e ver poesia com outros olhos. Vendo poesia traz uma coletânea de 29 poemas que diluem os limites entre poesia e artes visuais. Há poema em forma de lua, de anúncio, de diálogo e de história em quadrinhos. Após essa experiência, você nunca enxergará a poesia da mesma forma!

...contecimento / na vida de minhas retinas tão fatigadas ... Poemas de Caminho - Pensador ... . / Nunca me esquecerei que no meio do caminho / tinha uma pedra / tinha uma pedra no meio do caminho / no Leitura do poema No meio do caminho, de Carlos Drummond de Andrade, em vários idiomas. Cantiga de amor sem eira nem beira, vira o mundo de cabeça para baixo, suspende a saia das mulheres, tira os óculos dos homens, o amor, seja como for, é o amor.. Meu bem, não chores, hoje tem filme de Carlito. O a ... Vendo Poesia - Col. No Meio do Caminho - Cunha, Leo ... ... .. Meu bem, não chores, hoje tem filme de Carlito. O amor bate na porta o amor bate na aorta, fui abrir e me constipei. Cardíaco e melancólico, o amor ronca na horta entre pés de laranjeira entre uvas meio verdes e desejos já ... Para marcar os 40 anos do poema "No meio do caminho", Carlos Drummond de Andrade publicou, em 1967, o livro Uma pedra no meio do caminho - Biografia de um poema, no qual reuniu uma ampla seleção com o que foi dito sobre os famosos versos. O Instituto Moreira Salles lançou em 2010 uma nova edição do livro concebido pelo próprio Drummond, ampliada pelo também poeta Eucanaã Ferraz. No meio do caminho tinha um poema. Intervenções que cultivam poesia no ambiente urbano contribuem para uma metrópole mais humana. Em uma faixa de pedestres na região central de São Paulo, um grupo com megafones declama poemas curtos para os passantes. No metrô, um coletivo de poetas pede licença para distribuir seus versos sem pedir nada ......